08 de junho de 2020

Olá! Eu sou Erika Lotz, mentora de Capital Humano da Eos Inovação na Advocacia. Estamos fechando a SEMANA DE FERRAMENTAS DE INOVAÇÃO. E como a tecnologia impacta profunda e amplamente processos, métodos e sobretudo pessoas, estou aqui para refletir sobre o fluxo de mudanças e o Timming de inovação, fundamental para acompanhar as transformações econômicas, sociais, relacionais e de produtividade.

Tudo está em constante fluxo e transformação…

Heráclito, filósofo nascido em Éfeso, Turquia no ano de 535 a.C em sua profunda sabedoria afirmava que “nada é permanente, exceto a mudança”. Tudo muda o tempo todo e, portanto, a vida está em constante fluxo, movimento e transformação. Valendo-se da analogia com um rio, o pensador ilustrou a sua teoria afirmando que “ninguém se banha duas vezes no mesmo rio, pois o rio já não é o mesmo e o homem já não é o mesmo”.

E embora há muito já saibamos que tudo está em constante transformação, é válido observar que, neste momento pós pandemia, até mesmo os escritórios menos adeptos de uso de tecnologias, acabaram por desenvolver o hábito em relação ao uso da tecnologia. E certamente, sabemos que mesmo quando pudermos retornar as nossa atividades normais, já não seremos mais os mesmos, pois o mundo, que já vinha em acelerada mudança, mudou ainda mais.

Inteligência Artificial e ferramentas tecnológicas que transformam o modo de trabalhar do advogado

Pensando nessas mudanças, e refletindo sobre as tecnologias que hoje estão disponíveis para ampla utilização no mercado jurídico, optamos por reunir algumas que apresentamos a seguir. O objetivo é convidar você gestor, para avaliar o seu timming de abertura para adoção de outras tecnologias, que não apenas as de reuniões por zoom ou Skype.

A Inteligência Artificial que desenvolve “dispositivos que simulem a capacidade humana de raciocinar, perceber, tomar decisões e resolver problemas, enfim, a capacidade de ser inteligente” (www.tecmundo.com.br) veio para ficar e está revolucionando e redesenhando a forma de pensar e operacionalizar a advocacia.

Apoiados em publicações do tecmundo.com e da docusign.com.br elaboramos uma lista, que apresentamos a seguir:

– Automação e gestão de documentos com plataformas especializadas em gestão de contratos e processos com capacidade até mesmo para gerar documentos jurídicos em larga escala.

– Analytics e jurimetria que realiza varredura de toda a jurisprudência de uma determinada Turma ou Tribunal, analisando o percentual de decisões favoráveis sobre cada tema, bem como a linha de argumentação mais adequada para cada questão.

– Recursos para conciliação on line:

promove a intermediação on line das negociações entre advogados de autores e patronos de empresas rés, de contribuindo com a formulação de propostas de acordos antes da realização dos protocolos das petições em via judicial.

– Automação de acórdãos:

aplicativos (em fase de testes) destinados aos tribunais, sistemas que tomam para si a execução de processos repetitivos, como a formulação de acórdãos sobre temas recorrentes, cujo entendimento já está cristalizado em cada Sessão ou Turma. O aplicativo promete elevada eficiência ao judiciário tendo e vista a diversidade de tarefas que são replicadas para cada ação judicial.

– Chatbot para sanar dúvidas jurídicas:

no Brasil, cada vez mais escritórios tem apostado em chatbots para atendimento de potenciais clientes, com o objetivo de sanar dúvidas básicas. O chatbot apresenta uma notável capacidade de realizar elevado número de atendimentos “e o aprendizado ilimitado desses sistemas, é possível fazer desse poderoso instrumento um recurso de captação de novos clientes. Estima-se que até 2020 os bots sejam responsáveis por 85% dos atendimentos das empresas”. (https://www.docusign.com.br/blog/inovacao-na-advocacia/)

-Serviços de arbitragem online:

embora a resolução de conflitos não seja necessariamente uma prática inovadora no brasil, criada como alternativa à lentidão do judiciário, a Lei de Arbitragem (regulamentada pela Lei nº 9.307/1996) não se tornou tão popular pelos altos custos envolvidos (que, muitas vezes, inviabilizavam a iniciativa), algo muito diferente da arbitragem online, que chegou ao mercado com custos baixos e ainda mais agilidade na condução de litígios.( https://www.docusign.com.br/blog/inovacao-na-advocacia/)

– Softwares colaborativos de diligência online:

por meio deles é possível dar adeus aos desperdícios de tempo de profissionais em longas horas em congestionamentos ou em deslocamentos, ou então em peregrinação em fóruns em busca de atualizações de andamentos de processos físicos e despacho com magistrados. Com a inovação na tecnologia do PJe, a tendência é que os processos físicos sejam completamente extintos em breve na justiça brasileira. https://www.docusign.com.br/blog/inovacao-na-advocacia/

Pesquisa de jurisprudência por Big Data: é fato que, a competência para realizar a analise de dados assume na advocacia cada vez maior notoriedade, sendo que um de seus usos certamente será a pesquisa de jurisprudência. Por meio da analise de dados torna-se possível cruzar dados a respeito do posicionamento majoritários dos tribunais , turmas e sessões diante de cada tema. Adotar a pesquisa de jurisprudência por Big Data contribui para a qualidade da argumentação em petições e recursos. Tal aspecto faz do BIG DATA uma tecnologia cada vez mais inevitável para os escritórios de advocacia. https://www.docusign.com.br/blog/inovacao-na-advocacia/

Abordagem sobre ética e regulamentação das relações digitais: Todo o tsunami tecnológico que circunda a Indústria 4.0 se desdobra em novos desafios aos profissionais do Direito, que deverão debruçar-se sobre novas regulamentações e doutrinas decorrentes da transformação digital, especialmente no que se refere ao tratamento de dados de terceiros. https://www.docusign.com.br/blog/inovacao-na-advocacia/

Assinatura Eletrônica de documentos: permitem que os contratos e documentos sejam todos assinados eletronicamente. Dando mobilidade a todos para assinar em qualquer lugar e via a maioria dos dispositivos móveis como um celular ou um tablet. Por meio de qualquer dispositivo móvel e de, praticamente, todos os lugares, documentos são assinados em minutos com validade jurídica. Ainda é possível otimizar o versionamento dos documentos usando a plataforma CLM DocuSign, que controla todas as alterações e aprovações. https://www.docusign.com.br/blog/inovacao-na-advocacia/

E a pergunta é…

O seu escritório, está preparado para mudanças? Quanto distante está o seu negócio da Advocacia 4.0? O que precisa acontecer para que o seu time comece a se movimentar rumo a uma advocacia diferente de tudo o que já foi visto e realizado?
Permanecer acomodado confortavelmente sobre velhos pensamentos, crenças, padrões, comportamentos, métodos, procedimentos e perspectivas é um risco elevado às pessoas e as organizações. Pense nisso! O presente é ponto de poder para criar o futuro. E então, o que você escolhe fazer agora?

Referências

https://www.docusign.com.br/blog/inovacao-na-advocacia/
www.tecmundo.com.br

Erika Lotz
Sobre a autora

Erika Lotz é mentora de Capital Humano na Éos. Trainer em Psicologia Positiva pela European Positive Psychology Academy. É docente em programas de graduação e MBAs nas áreas de Gestão de Pessoas e Coaching.

Newsletter

Receba uma dose semanal de inspiração e inovação direto na sua caixa de e-mail

© 2020 ÉOS - Inovação na advocacia.
Designed by Monotípia